Buscar
  • betatechjúnior

Importância da Biossegurança no trabalho

Atualizado: 26 de set. de 2020

Sabe-se que qualquer ambiente de trabalho está suscetível a oferecer riscos aos seus colaboradores, e é aí que entra a importância da biossegurança. Além disso, é de obrigação da empresa fornecer gratuitamente equipamentos de proteção individual e coletiva adequados aos riscos e garantir o uso no espaço de trabalho.


Biossegurança pode ser definida como o conjunto de ações que buscam a minimização e o controle de riscos que podem ser evitados em uma determinada atividade ou local com intuito de preservar a saúde.


Profissional paramentado com os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), luvas, avental e jaleco, óculos de proteção, além de máscaras.
Profissional paramentado com os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Biossegurança no trabalho, portanto, já deu para perceber: é assunto muito sério!


Essas medidas devem ser adotadas nas pesquisas, no ensino, no desenvolvimento tecnológico, na produção e na prestação de serviços, promovendo a segurança sem comprometer os resultados ou a qualidade. Isso é extremamente importante, visto que a biossegurança, em linhas gerais, não deve prejudicar o desempenho e sim garantir que os resultados aconteçam como planejado.


As normas e regras de biossegurança geralmente implicam em novos procedimentos e equipamentos. São eles que garantem a saúde da população e do trabalhador, além de os protegerem contra doenças e epidemias.


No geral, as medidas de biossegurança envolvem dois pontos — os equipamentos de proteção individual (EPI) e os equipamentos de proteção coletiva (EPC):

Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)


- luvas para profissionais, especialmente enfermeiros e farmacêuticos, que lidam com amostras biológicas e atendem pacientes com doenças contagiosas. Em laboratórios, para todos aqueles que manipulam, preparam reagentes e lavam material;


- jalecos ou aventais, de manga longa e na altura dos joelhos, usando sempre fechados. Precisam ser lavados e descontaminados após o uso e nunca devem ser usados fora do ambiente de trabalho;


- máscaras para proteção contra substâncias químicas, evitando a inalação;


- óculos de proteção, protetor facial e sapatos fechados, para evitar respingos de material biológico sobre a pele;


- coletes de proteção para evitar choque térmico em ambientes de temperaturas muito altas ou baixíssimas, como em câmaras frias.


- protetores auditivos para reduzir diferentes níveis de ruídos do local.



Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs)


- capelas químicas e cabines de segurança promovem a contenção física dos agentes infecciosos ou até mesmo proteção contra ruídos, respectivamente;


- extintores de incêndio, sinalização de segurança e exautores;


- chuveiro de segurança de fácil acesso, para limpar roupas e a pele do profissional em caso de derramamento de material biológico ou substância química;


- autoclave, equipamento que realiza a esterilização de instrumentos por calor, tornando o uso seguro novamente;


- microincineradores de alça: alças de material plástico estéril em caixas de aço, para transporte seguro de materiais ou agentes.


 

6 formas de proteger seu local de trabalho do coronavírus

 

Além disso, as práticas de biossegurança também envolvem normas detalhadas para as instalações dos laboratórios, o descarte correto de agentes químicos e biológicos, além do treinamento das equipes.


Uma das vantagens de seguir às normas de biossegurança é que isso reduz os riscos inerentes à saúde dos trabalhadores. Adquirir um Procedimento Operacional Padrão também contribui para que os processos sejam monitorados e controlados de perto.

As normas de biossegurança implicam em treinamentos constantes para os profissionais que são expostos a situações de risco. Isso faz com que eles fiquem cada vez mais qualificados e em melhor sintonia com a tecnologia existente, garantindo uma qualidade muito maior dos procedimentos realizados, gerando melhores resultados.


Seguir as normas de biossegurança implica também em conseguir uma melhor preservação do meio ambiente, por meio da descontaminação ou da eliminação dos riscos de exposição. Isso torna o local apto para o manuseio seguro e promove o descarte adequado dos materiais utilizados, evitando a poluição de rios e solos.


Por fim, podemos ver que a importância da biossegurança é refletida na variedade e complexidade de suas normas, que devem ser implementadas e fiscalizadas pelas instituições e seguidas pelos profissionais, garantindo a proteção de todos os envolvidos.

Dica de leitura:

https://www.faculdadeide.edu.br/blog/afinal-voce-sabe-qual-a-importancia-da-biosseguranca/


 

Deseja adquirir um Procedimento Operacional Padrão para sua empresa? Fale conosco!

 


81 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo